Como prender a atenção do leitor

As pessoas não leem qualquer coisa na internet. Saiba como capturar a atenção do seu leitor

É paradoxal. Ao mesmo tempo em que textos predominam nos resultados de busca, notícias circulam freneticamente pelas redes sociais, Best Sellers fazem milhões para seus autores em mídia digital e sites de sucesso têm grande quantidade de texto presente neles (até o Youtube dá ênfase a comentários e descrição dos vídeos)... as pessoas, na verdade, pouco leem na internet.

É sério. A Nielsen Norman Group, uma consultoria especializada em experiência de usuário (UX), conduziu estudos em 1997, 2008 e 2013 que confirmam: embora a web e as telas tenham evoluído muito desde aquela época, as pessoas não têm o costume de ler. No lugar disso, elas passam os olhos pelos textos procurando por informações específicas.

Ou seja. Não adianta muito você fazer aquele texto super caprichado de 2.000 palavras, todo rebuscado, baseado em uma extensiva pesquisa e recheado de informações e jargões técnicos. Pouca gente vai prestar atenção ao que está escrito lá. Quase ninguém se importa. Na verdade, como o próprio estudo de 2008 confirma, esse é um jeito certo de não atrair a atenção do seu leitor, pois parece uma tese acadêmica ou um contrato. Coisa que ninguém gosta de ler.

Então, o que fazer?

Por tudo isso, faz-se necessário ser direto e claro em suas mensagens, em textos simples, fáceis de ler e entender, em voz ativa. Você tem pouco tempo para atrair a atenção do leitor. E a maneira ideal é colocando uma boa imagem e caprichando nos primeiros dois parágrafos. Como a própria Nielsen Norman confirma.

Leia também:  Como contratar uma agência de marketing digital

Mesmo com textos fáceis, a grande maioria ainda não vai ler. Vão, ainda, procurar informações chave. Então, faça como eu fiz neste texto. Divida o texto em seções e coloque os trechos mais importantes em negrito, como se fosse um resumo do texto.

E não se preocupe. Mesmo que não leiam seu texto inteiro, as pessoas comprarão seu produto ou compartilharão seu conteúdo nas redes sociais. Repare em seu próprio comportamento. Você já comprou um produto sem ler todas as suas características no site? Já aceitou os termos e condições de um software sem lê-los? Já compartilhou uma notícia apenas pelo título e chamada? Já comentou em algum site após ler apenas os dois primeiros parágrafos? Pois é. Eu já fiz isso. Todo mundo já fez.

Perfil de usuário

Nos buscadores, a maior parte das pessoas tem pouco tempo e está atrás de informações específicas para ajudá-los a resolver algum problema. Em redes sociais, as pessoas estão mais relaxadas e preocupadas, principalmente, em saber de novidades, sobre seus amigos, se no Facebook, ou profissionais, se no LinkedIn.

E ainda há as personas. Aqueles perfis de usuários de determinada faixa etária, renda, profissão, etc., para os quais textos (muito) diferentes se aplicam.

Parece complicado? É, mas é perfeitamente possível ser muito efetivo em sua mensagem e produzir textos que funcionam bem em buscadores e redes sociais. Contacte a Conteúdo sob Demanda. Nós podemos te ajudar.

Leia também:  Blog corporativo Tecnisa - um blog corporativo brasileiro

Quer melhorar os seus resultados digitais? Peça um orçamento gratuito!

NOME*

E-MAIL*

TELEFONE

MENSAGEM

Please leave this field empty.

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Você precisa esatr Logado para postar um comentário.