Facebook: mudança para acabar com títulos caça-clique

Facebook muda o algoritmo novamente, desta vez para acabar com postagens apelativas. Confira.

O Facebook realiza diversas alterações constantemente em seu algoritmo do feed de notícias, para que a qualidade do conteúdo a ser apresentado seja sempre melhor a cada mudança. Após reduzir a quantidade de notícias e realizar a diminuição do peso dos memes, o foco agora são posts que induzem a pessoa a clicar em um link que acessa páginas externas, conhecidas como clickbaits, que quase nunca oferece um conteúdo útil, de fato.

Muitos usuários já se depararam com frases apelativas no Facebook, como “Você não sabe o que aconteceu com tal pessoa” ou “Sua cabeça vai explodir ao ver isto”. Estes são alguns exemplos de posts chamados de caça cliques. Geralmente, chamam muita atenção pelo fato de ser bastante acessados e, depois de ganhar muitas curtidas, aparecer para muitos usuários, transformando-se em um viral na rede social. Com isso, o gerador deste conteúdo se beneficia pelas receitas com esta publicidade.

A rede social em questão leva vários fatores em consideração no momento de determinar se uma determinada publicação deve aparecer ou não no topo do feed. Um é o engajamento. Caso o link tenha muitos cliques, é provável que ele tenha um conteúdo mais interessante dos que têm poucos acessos. Entretanto, isso proliferou os clickbaits, através de publicações com chamadas apelativas.

Leia também:  Google Adwords: caracteres adicionais para anúncio

Felizmente, esses títulos não terão mais espaço no Facebook. Nesta segunda-feira, dia 1º foi anunciada outra mudança no algoritmo do feed, que agora irá fazer uso de questionários para determinar a qualidade dos conteúdos.

Além disso, no momento em que o usuário clicar em uma determinada noticia e retornar para o Facebook, o mesmo será convidado a avaliar a publicação com estrelas que vão de 1 a 5. Isso fará com que a rede social determine melhor os posts para apresentar aos usuários, otimizando o algoritmo de ranking e mostrando as notícias de acordo com o gosto do usuário.

Segundo o Facebook, boa parte das páginas não irá perceber as mudanças com a alteração do algoritmo. Certas páginas, no entanto, podem sofrer quedas de acessos se a quantidade de cliques que tiverem suas publicações não bater com a quantidade de pessoas que desejarem ver tais histórias. O efeito tende a ser similar a uma penalidade.

Quer melhorar os seus resultados digitais? Peça um orçamento gratuito!

NOME*

E-MAIL*

TELEFONE

MENSAGEM

Please leave this field empty.

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Você precisa esatr Logado para postar um comentário.