Google punirá popups no orgânico para celulares

Popups serão punidos no orgânico, mas isso não significa que você precisa parar de adotar a estratégia. Saiba como se adaptar.

Uma grande ferramenta para conquistar leads terá que passar por mudanças drásticas para sobreviver no orgânico. O Google anunciou que, a partir de janeiro de 2017, começará a rebaixar rankings de sites que usam intersticiais agressivos, os famosos popups, em ambiente móvel.

Popups agressivos são aqueles que cobrem a tela inteira, escondendo o conteúdo atrás de si, caracterizando-se como publicidade invasiva e, segundo o Google, piorando a experiência do usuário.

Para disciplinar o mercado, o Google estabeleceu linhas gerais que devem ser seguidas pelos popups para que a experiência do usuário seja boa e os anúncios não atrapalhem a navegação pelo site. O certo e o errado estão na imagem abaixo, extraída de um post de 2015 da Marketing Land.

Ou seja. A visão negativa do Google para com anúncios intersticiais não é nova. Na verdade, desde aquela época a empresa notou que as barras superiores eram tão eficientes quanto popups para trazer a ação desejada do usuário (no caso, especificamente realizar downloads de aplicativos pelo Google Play). Isso porque quase 70% dos usuários que viam os popups simplesmente desistiam da visita ao site, preferindo não continuar vendo o conteúdo e ignorando o anúncio.

O uso de banners no topo do site diminuiu em apenas 2% o número de downloads, enquanto representou 17% a mais de atividade diária nos sites.

Leia também:  O que é o Google Tag Manager?

Nosso ponto de vista

Justificativas à parte, o fato é que os popups funcionam bem para captação de newsletters. Nós testamos por algumas das últimas semanas e comprovamos que, de fato, a captação tende a subir em torno de 300% em relação a um formulário de popup colocado no lado direito do site (e que aparece abaixo do conteúdo em celulares, uma posição ruim para conversão).

No entanto, seu uso para captação de leads diretamente de redes sociais e buscadores é questionável. Em nossos testes, as chamadas para entrar em contato contidas nos textos em nossos sites geram uma qualidade de leads e conversão maiores que um popup disposto para quem acabou de entrar no site e ainda não leu o conteúdo. Como captação de leads por newsletter é algo que gera resultados de médio e longo prazo, ainda não temos dados conclusivos.

Tudo depende do foco. Se o objetivo principal é captar clientes em massa e realizar a divulgação prioritariamente pelo Google Adwords ou Facebook Ads, não há problema em usá-los. No entanto, se rankings orgânicos e compartilhamentos forem importantes, melhor utilizar uma barra superior, como a que instalamos em nosso site.

Quer melhorar os seus resultados digitais? Peça um orçamento gratuito!

NOME*

E-MAIL*

TELEFONE

MENSAGEM

Please leave this field empty.

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Você precisa esatr Logado para postar um comentário.