Marketing de conteúdo para empresas de TI

Empresas de TI podem se beneficiar muito do marketing de conteúdo. Aprenda o que é necessário para fazê-lo bem.

Empresas de TI, que produzam algum software ou forneçam algum tipo de serviço, precisam ter um site bom e bonito. Afinal, aos olhos do usuário, uma empresa de TI que não sabe fazer ou cuidar de seu próprio site, não sabe o necessário para desempenhar sua função. Repito: mesmo que você discorde, mesmo que sua empresa seja excelente em algum serviço de backend, é assim que o usuário enxergará sua empresa.

Mas também não adianta ter só um site bonito. Se ele for vazio e só tiver informações dos produtos, dificilmente alcançará o potencial que sua empresa pode atingir. É preciso colocar conteúdo.

Conector de rede

Marketing de conteúdo para TI

Mas não qualquer conteúdo. Simplesmente postar informações técnicas, como dicas de SQL, snippets de código e outros que tais, dificilmente apelará para o gestor que tomará a decisão de comprar seus serviços, a menos que sua empresa esteja passando por avaliação técnica e precise do crivo de algum especialista. Coloco isso porque este é um conceito comum a produtores de software, que imaginam que terão sua empresa escolhida porque são bons no que fazem.

Na verdade, a produção de conteúdo para o site de uma empresa de TI deve, em suma, seguir uma estratégia bem definida de marketing. Em resumo: marketing de conteúdo.

Leia também:  Marketing digital e de conteúdo para restaurantes

Para definir que tipo de conteúdo será postado no site, é preciso, primeiro, definir uma estratégia. Começa-se pelo básico: definem-se as buyers personas, ou seja, o público-alvo que se deseja atingir e que está potencialmente interessado no produto. Em seguida, devem ser elencados os problemas que esses potenciais compradores enfrentam em seu dia a dia e que tenham relação com o produto ou serviço de Ti que sua empresa necessita.

Uma vez de posse das personas e dos problemas e soluções que elas precisam no dia a dia, parte-se para a pesquisa de hábitos de uso de internet: que tipo de busca realizam no Google? Que redes e perfis sociais frequentam? Que publicações costumam ler? A que hora estão mais ativos e propensos a compra?

Somente após ter todos esses dados, parte-se para a produção do conteúdo propriamente dito, cada qual desenhado especificamente para uma persona, um problema (ou solução), um hábito de uso e uma estratégia de promoção para que o público-alvo seja atingido pela mensagem.

A execução

Ou seja, não basta simplesmente colocar um site no ar e sair blogando sobre o que acontece dentro da empresa. É preciso ir além, é preciso produzir conteúdo com foco no usuário. Trata-se de um processo, que precisa ser analisado cientificamente e executado metodicamente, do mesmo modo como é construído um bom software.

Leia também:  Marketing digital efetivo com conteúdo

Parece complicado? Bom, não é quando você conta com profissionais experientes para auxiliá-lo nessa missão, sempre refinando as estratégias para o máximo de resultado. Entre em contato conosco.

Quer melhorar os seus resultados digitais? Peça um orçamento gratuito!

NOME*

E-MAIL*

TELEFONE

MENSAGEM

Please leave this field empty.

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Você precisa esatr Logado para postar um comentário.