Por que meus anúncios no Facebook não funcionam?

Anunciar no Facebook não é tão simples quanto pareça. Aprenda o que não fazer para conseguir anúncios que funcionam nesta rede

Frases, imagens bonitinhas, datas comemorativas? Esqueça. Essas estratégias para angariar curtidas e seguidores não funcionam mais numa época em que os usuários dificilmente veem atualizações da página de suas empresas.

Hoje em dia, para que sua mensagem atinja os usuários do Facebook, você precisa ser direto, efetivo, na veia.

Falta uma chamada comercial

Quer mesmo que comprem seu produto? Pois você precisa deixar isso evidente. Já ouviu falar em call to action (CTA)? Pois é. Mais importante até que o conteúdo, é caprichar na chamada para que o usuário tome a atitude que você deseja. Se você não pedir, ele não vai fazê-lo.

Boa parte dos anúncios falham por essa razão. São chamadas inócuas, que só geram curtidas e, quando muito, um ou outro comentário, mas raramente um clique que leve ao site ou a uma compra.

O próprio Facebook permite que você especifique calls to action nos seus anúncios. Use.

Falta conteúdo

Vivemos em um mundo saturado de anúncios. Milhões de empresas ao redor do mundo todo estão tentando, desesperadamente, fazer sua oferta aparecer para um público que simplesmente ignora aquilo que é visto como uma oferta direta. É como se fossem aqueles vendedores ambulantes de uma cidade turística, sempre se estapeando por atenção.

Leia também:  Marketing digital e de conteúdo para advogados

Há uma maneira diferente. Você precisa colocar conteúdo antes de mandar sua oferta. Contar uma história. Apelar para o interesse do seu público. Ganhe a atenção deles com conteúdo informativo e então mande sua oferta.

Erro de segmentação

Erros de segmentação são bastante comuns. Escolhe-se um determinado grupo de usuário por gênero ou faixa etária e pronto. Não funciona. Ou ainda pior. Escolhe-se os seguidores de uma página de um concorrente, caindo no mesmo erro dele.

O melhor é segmentar de uma maneira bem específica e depois ir abrindo o leque, caso a resposta seja baixa. Abuse dos cruzamentos de dados para atingir seu público alvo acuradamente.

Claro, antes, veja entre seus atuais clientes quem, de fato, é seu público alvo.

O formato está errado

Diferentes públicos podem reagir de maneira diferente a cada formato de anúncio do Facebook.

Tente variar formatos até encontrar aquele que funciona para você. Lembre-se de sempre colocar um valor baixo até chegar à sua fórmula ideal.

Falta de remarketing

Se você tem um site rico em conteúdo, com uma grande quantidade de visitas bem direcionadas, você provavelmente já tem uma boa lista de usuários potencialmente interessados naquilo que você faz. Então, por que não usar remarketing para chegar até eles?

Seja de que canal as visitas forem provenientes (o próprio Facebook, outra rede social, Google pago ou orgânico, Bing, etc.), é possível adicionar um código ao seu website que identifica usuários do Facebook e mostra seus anúncios para eles.

Leia também:  Marketing de conteúdo para empresas de turismo

Abuse das possibilidades.

Conclusão

Marketing em Facebook não é tão óbvio quanto parece. É um jogo de tentativa e erro até se encontrar a fórmula ideal.

Se precisar de ajuda com conteúdo, conte com a Conteúdo sob Demanda para te ajudar a delinear uma estratégia. Também recomendamos que assista aos vídeos de Camila Porto para aprender as nuances dos anúncios em Facebook.

A lista acima foi inspirada no post “5 reasons your Facebook ads aren’t working”, de Blaise Lucey.

Quer melhorar os seus resultados digitais? Peça um orçamento gratuito!

NOME*

E-MAIL*

TELEFONE

MENSAGEM

Please leave this field empty.

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Você precisa esatr Logado para postar um comentário.