Tendências de marketing digital para 2016

Essas são as tendências que a Conteúdo sob Demanda identificou e traz para você:

  • Uma das principais tendências para 2016, por exemplo, é o aumento das pequenas e médias empresas dentro do mercado online. Impulsionado em grande parte pela crise econômica pela qual atravessa o país, muitas empresas têm buscado uma posição de destaque na internet, uma vez que se trata, ainda, de um investimento de baixo custo e alto retorno. Vimos tal movimento se fortalecer em 2015 e prevemos continuidade para o próximo ano.
  • O marketing de conteúdo aparece dentro deste cenário. Por isso, a criação de textos que agreguem valor e informação ao cotidiano das pessoas será fundamental. O Inbound Marketing, por exemplo, permite com que as empresas construa de forma progressiva um relacionamento com público alvo e, assim, tenha credibilidade para conquistar a confiança do público. No começo de 2015, nos EUA, a produção de conteúdo já havia se tornado o segundo maior investimento das empresas em marketing digital. No Brasil, devemos seguir pelo mesmo caminho.
  • Esperamos aumento do remarketing, que atua por meio da utilização de cookies do navegador para rastrear os sites que as pessoas visitam. Com conteúdo, a tendência é que a visitação dos sites e páginas aumente exponencialmente, o que alimenta a estratégia de remarketing e a faz se tornar mais barata e mais efetiva.
  • Redes sociais terão maior influência sobre o trabalho desenvolvido pelo SEO. Muitas páginas e resultados aparecem bem simplesmente porque estão presentes em redes sociais. Não só isso, há evidências de que muitas menções, compartilhamentos e comentários em tais redes representam ganhos para SEO. No mínimo, uma presença forte em redes sociais expõe o site a mais formadores de opinião, aumentando a possibilidade de ganhar links naturalmente.
  • Foco em dispositivos móveis: acesso a redes sociais e a buscadores será, cada vez mais, feito por celulares. Por exemplo, no Brasil, aproximadamente, 70% dos acessos na rede social Facebook são feitos por meio de smartphones ou tablets. O Google já reporta que as buscas por celulares ultrapassaram as por desktop na maior parte dos países.
  • As campanhas feitas por meio de e-mail marketing também continuarão em alta, mas a diferença prevista será a personalização e a segmentação da campanhas. A carreira profissional estará em ascensão, sobretudo pela falta de mão de obra qualificada. Ou seja, profissionais que têm uma boa formação serão disputados por agências e empresas do ramo (você sabe trabalhar com e-mail marketing? Então entre em contato conosco).
  • O uso e produção de vídeos também cresceu de forma exponencial e, em 2016, a tendência continua. Em plataformas de vendas e-commerce, vídeos de produtos podem aumentar a conversão em até 174%.
Leia também:  O que faz uma agência de marketing digital?

Quer melhorar os seus resultados digitais? Peça um orçamento gratuito!

NOME*

E-MAIL*

TELEFONE

MENSAGEM

Please leave this field empty.

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Você precisa esatr Logado para postar um comentário.