Por que marketing de conteúdo funciona?

O marketing tradicional está morrendo. E não é de hoje. Al Ries, em seu livro “The Fall of Advertising & The Rise of Public Relations já alertava, no início do século, que havia uma resistência cada vez maior do consumidor a esta abordagem. As pessoas, ao verem propaganda, tendem, cada vez mais, a ignorar e até mesmo rejeitar a imagem publicitária direta.

Notando esta tendência, várias grandes empresas começaram a mudar suas estratégias de marketing, algo que a pesquisa Interbrand Global Brands, de julho de 2005 da Businessweek (portanto, 10 anos atrás), já notava. Naquele ano, já era nítido que várias grandes marcas estavam migrando seus esforços e recursos para o marketing digital. Algumas delas em conteúdo, patrocinando blogs e artistas produtores de música e vídeo.

Isso fez com que uma grande quantidade de empresas surgisse para fazer marketing nesta nova realidade, um mercado já consolidado num momento em que qualquer negócio, por menor que seja, já tem sua agência web. No entanto, pouquíssimas dessas empresas e suas agências se atentaram para o fato de que o site da empresa é apenas a “casca”. Que uma estratégia de marketing de conteúdo não é apenas comprar postagens patrocinadas ou investir em mídia programática para aparecer em outros website. Que, na verdade, os custos de propaganda e os resultados podem ser radicalmente reduzidos investindo em conteúdo para o próprio site.

Leia também:  Marketing de conteúdo no Facebook

Parte dessa estratégia é compreensível. Afinal, sites de empresas não são blogs ou revistas, mas sim meios de propaganda e venda de seus produtos e serviços. Produzir uma revista ou blog é uma atividade custosa, que precisa de gente dedicada e com conhecimento no assunto. Mas é aí que entra a Conteúdo sob Demanda. Nós sabemos produzir conteúdo para a área em que sua empresa atua e sabemos como fazê-lo ser visto pelo público. Como produzimos para mais de uma centena de outros sites, conseguimos fazê-lo por um custo muito mais baixo que você teria ao contratar uma equipe própria, interna, para desenvolvê-lo e distribuí-lo. Um custo que fica ainda menor quando se verifica o valor pago por clique, as visitas e o contato que seus clientes tem com sua marca em redes sociais e o tráfego orgânico proveniente de buscadores.

Mais ainda. O conteúdo é direcionado para seu público-alvo, produzido com o intuito de atrair a atenção do cliente pessoal, educar o usuário de seu produto ou serviço, atrair funcionários e colaboradores, além de quaisquer outros objetivos de seu negócio, tudo simultaneamente, sem negligenciar qualquer desses públicos.

Quer saber quanto custa isso e qual o resultado? Levantamento do Hubspot de 2012 aponta: marketing de conteúdo custa até 62% a menos e tende a gerar 3 vezes mais leads que o marketing tradicional. Mágica? Não. São simplesmente questões de comportamento e economia. Ao divulgar notícias em seu próprio canal e mirar em termos de busca muito específicos, o conteúdo captura a atenção do público alvo diretamente interessado em tomar uma ação, ao mesmo tempo em que a competição por espaço em um buscador ou site de terceiro se torna menor.

Leia também:  O que é um site responsivo?

Rise-of-PR

Quer melhorar os seus resultados digitais? Peça um orçamento gratuito!

NOME*

E-MAIL*

TELEFONE

MENSAGEM

Please leave this field empty.

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Você precisa esatr Logado para postar um comentário.